Como fazer treinamentos online: 9 dicas para acelerar a capacitação | D2L Brasil
IE Not suppported

Sorry, but Internet Explorer is no longer supported.

For the best D2L.com experience, it's important to use a modern browser.

To view the D2L.com website, please download another browser such as Google Chrome or Mozilla Firefox.

Como fazer treinamentos online: 9 dicas para acelerar a capacitação durante o trabalho remoto

  • 8 min para ler

Você sabe como fazer treinamentos online? Confira algumas dicas que podem te ajudar a montar cursos de capacitação efetivos durante o trabalho remoto.

Com as constantes mudanças que o mundo dos negócios vem sofrendo nos últimos anos, cada vez mais empresas estão buscando como fazer treinamentos online e isso não é uma grande surpresa.

Desde que a pandemia do novo coronavírus chegou ao Brasil, diferentes organizações migraram para o universo digital. O que antes era realizado apenas presencialmente ou, até mesmo, manualmente, precisou ser transportado para o online.

As empresas experimentaram uma realidade em que, muitas delas, não haviam sequer passado antes. Embora tenha sido um cenário de difícil adaptação, grande parte das corporações, assim como seus colaboradores, estão considerando continuar na modalidade home office no pós-pandemia.

Para se ter uma ideia, dados de uma pesquisa recente feita pela Hibou nos revela que 64,8% dos brasileiros desejam continuar trabalhando em casa quando as coisas retornarem ao normal.

E não é por menos, essa modalidade de atuação promove benefícios não apenas às empresas (como redução de custos com infraestrutura física, aumento da motivação e produtividade do time), mas também aos colaboradores (aumento da qualidade de vida e satisfação desses funcionários).

Veja também o nosso E-book: O futuro da aprendizagem contínua

Apesar de todas essas vantagens, o trabalho remoto também representa alguns desafios, especialmente quando nos referimos às mudanças bruscas que as empresas passaram. Novas tecnologias surgiram. Novas metodologias começaram a fazer parte da rotina dos profissionais. Novas dinâmicas se abriram dentro das empresas.

Com tanto “novo” nascendo, as lacunas de habilidades foram expostas. A nova realidade provou que nem as empresas e nem os seus colaboradores estão 100% preparados para lidarem com o mundo digital.

Diante disso, a busca por como fazer treinamentos online surgiu como uma “luz no fim do túnel” para organizações que precisam não apenas se adequar totalmente ao momento atual, mas também melhorar a performance do time e maximizar os resultados operacionais.

Pensando nisso, hoje trouxemos um texto completo com os benefícios que um programa de capacitação pode trazer ao seu negócio e algumas dicas de como implementá-lo. Continue com a sua leitura e confira.

Você pode se interessar: Aprendizagem adaptativa: saiba por que essa iniciativa é o futuro da educação corporativa

Por que implementar um treinamento online em tempos de trabalho remoto?

A implementação de treinamentos online pode proporcionar às empresas uma série de benefícios. O mais expressivo, sem dúvidas, é a melhora na qualidade da operação.

Com times focados no desenvolvimento profissional, é possível maximizar a eficiência das atividades, otimizar tempo e tirar o melhor proveito possível das ferramentas, aumentando a efetividade de todos os envolvidos.

Além disso, um programa de treinamento atua diretamente em prol da motivação do colaborador, isso porque ele passa a se sentir parte essencial da empresa e não apenas “um número”.

Por outro lado, ao possuir um planejamento condizente, as organizações também dispõem aos seus funcionários possibilidades de crescimento, representando não somente resultados pessoais, mas também financeiros.

Alguns outros benefícios alcançados pelo treinamento online são:

  • Aumento da competitividade do negócio;
  • Mais facilidade para iniciativas de transformação digital;
  • Maior flexibilidade para o colaborador, que pode estudar de acordo com a sua rotina;
  • Redução de custos operacionais;
  • Maior retenção de talentos;
  • Facilidade em treinar e desenvolver pessoas para cargos de liderança.

Leia mais: Como montar um curso de capacitação para o setor de TI acelera a transformação digital nas empresas?

Como fazer treinamentos online? Veja 9 dicas

Agora que você compreendeu um pouco sobre como a educação corporativa pode ser benéfica para o seu negócio, veja abaixo como fazer treinamentos online engajadores.

1.   Faça um planejamento

Parece repetitivo, porém, o planejamento é o passo essencial para qualquer iniciativa, independentemente de qual ação você deseja implementar na sua empresa.

Nesse cenário, um treinamento corporativo apenas será eficiente se a sua organização realizar um plano estratégico e aderente às suas necessidades.

Para tal, faça o mapeamento das deficiências de cada time. Ou seja, identifique quais são as dificuldades atuais dos seus colaboradores, assim como os projetos ou ações que possuem resultados abaixo do esperado.

Por meio disso, já defina quais são as habilidades que a sua equipe precisa desenvolver para superar esses gargalos e, até mesmo, auxiliar na implementação de novas estratégias ou se adequar às iniciativas do seu negócio.

2.   Elabore um PDI

No tópico anterior, tratamos o planejamento como um todo, certo? Focado no seu time. O próximo passo é monitorar cada colaborador.

Com isso, é preciso entender não apenas as aspirações dos seus funcionários individualmente, mas também como a sua organização pode contribuir com eles.

Nessa altura, é preciso realizar o Plano de Desenvolvimento Individual, conhecido como PDI. Esse processo permite não apenas mapear todas as possibilidades de crescimento dos seus colaboradores, mas também alinhar uma estratégia de desenvolvimento.

Com um PDI claro, os seus funcionários entendem o que precisam fazer para crescer na sua empresa e como podem chegar lá.

Quer um exemplo? Vamos supor que você tenha um colaborador no nível de especialista que é muito bom tecnicamente e, por essa razão, seria um ótimo candidato a possíveis vagas de liderança.

Entretanto, para direcionar essa pessoa, há dois entraves: primeiro, você não tem muita ideia se é isso que o seu funcionário deseja; segundo, você também não sabe se o seu colaborador possui todos os requisitos para alcançar essa nova oportunidade.

Um PDI te ajuda não apenas a mapear esse perfil completamente, mas também a entender o que o seu colaborador espera da empresa.

Ainda neste exemplo, você vai conseguir compreender quais são as hard skills (habilidades técnicas) e soft skills (habilidades comportamentais) que essa pessoa precisa desenvolver para assumir o novo cargo.

Tudo isso em conjunto com o colaborador, tornando todo o processo mais transparente, tanto para a empresa quanto para o próprio funcionário.

Veja também: Desenvolvimento de habilidades comportamentais: entenda por que as soft skills são prioridades para o futuro

3.   Escolha um formato de treinamento

Pois bem, com um planejamento coletivo e individual definido, é momento de escolher o melhor formato do seu treinamento online.

Você pode imaginar que, por ser digital, é possível realizar apenas de uma maneira, porém, não é exatamente assim.

O mundo online oferece uma série de possibilidades à sua organização, por isso, é possível implementar cursos de capacitação tanto por vídeo, por exemplo, quanto por meio de outros formatos de conteúdo.

Para definir o melhor, entenda qual é o perfil dos seus colaboradores. Por exemplo, um time mais jovem (talvez formado, em sua maioria, por estagiários, aprendizes ou analistas no nível júnior), pode ser mais adepto a formatos dinâmicos, como vídeos e áudios.

Já um time mais experiente (formado, por sua vez, por especialistas e líderes), pode ter preferência por conteúdos mais visuais, como textos, E-books, pesquisas ou outros materiais semelhantes.

Também é possível mesclar esses tipos de conteúdos, tudo para proporcionar à sua equipe não apenas um modelo de treinamento mais flexível, mas também maximizar o aproveitamento de todos os colaboradores nas iniciativas.

4.   Comece uma mudança na cultura organizacional

Com a parte estratégica e, muitas vezes, mais burocrática definida, é momento de planejar a implementação desse programa focado em capacitação. Para tal, é preciso corroborar com uma mudança na cultura organizacional da empresa.

É preciso criar um espaço de trabalho pautado na transparência e que apoie o crescimento profissional. Assim como, garantir um ambiente saudável e que seja propício para a troca de informações, feedbacks e debates de insights.

Criar uma cultura organizacional mais aberta, que traga o colaborador para o centro da sua empresa e, principalmente, contar com um setor de Recursos Humanos mais estratégico, é a chave para que os treinamentos sejam recebidos de maneira positiva pelo time.

Você pode se interessar: Por que aplicar a aprendizagem ao longo da vida na sua empresa?

5.   Defina metas e as informe para a equipe

Toda e qualquer estratégia precisa de objetivos muito bem definidos e, quando falamos sobre educação corporativa, estamos nos referindo às metas.

Nesse sentido, tenha finalidades bem desenhadas, assim como prazos, e repasse todas essas informações para o time. Os colaboradores precisam compreender o que a organização espera deles com essas iniciativas e onde podem chegar.

6.   Estabeleça métricas e acompanhe

Estabeleça métricas para acompanhar não apenas o desenvolvimento de pessoas, mas também a aceitação dos seus colaboradores em relação às medidas de treinamento.

Ou seja, todos estão participando dessas iniciativas? Os tipos de conteúdos elaborados são atraentes para os funcionários? Os materiais são facilmente absorvidos?

Quanto mais claras forem esses dados para você, melhores serão suas percepções acerca dos resultados gerados.

Com um bom LMS (Learning Management System ou Sistema de Gestão de Aprendizagem, na tradução), é possível levantar todas essas informações e outros insights estratégicos para tornar suas ações mais aderentes ao seu público.

7.   Considere a adoção de metodologias ativas

Uma dica para maximizar a efetividade dos seus treinamentos online é aproveitar as possibilidades que o mundo digital oferece, como é o caso das metodologias ativas, que são iniciativas que visam promover melhor experiência aos participantes e tornar a aprendizagem mais efetiva.

É possível contar, por exemplo, com a gamificação, uma estratégia de aprendizagem baseada em conceitos de jogos.

Ou seja, o colaborador tem acesso a desafios e pode passar de “níveis” dentro da plataforma, assim como receber recompensas conforme avança nos treinamentos e, até mesmo, fazer parte de um ranking com seus colegas de trabalho.

Outra abordagem é a Educação Baseada em Competências, em que o colaborador foca no desenvolvimento de habilidades em si e não no tempo do treinamento. Além disso, pode avançar de acordo com as suas facilidades ou dificuldades, tendo acesso a planos mais personalizados.

8.   Fique atento às oportunidades internas e externas

Com um programa de capacitação já rodando na sua empresa, é momento de ficar atento tanto às oportunidades internas quanto às possibilidades externas.

O mercado é muito volátil. Sempre há novos horizontes para explorar. Porém, não adianta virar a proa do barco para uma nova direção se não souber navegar nessas novas águas, certo?

Por essa razão, estar atento às oportunidades do mercado pode te trazer vantagens competitivas para preparar o seu time e tornar a sua empresa sempre adepta à inovação. A aprendizagem constante permanecerá no DNA do seu negócio.

O mesmo vale para situações internas. Sempre dê ouvido aos seus colaboradores, tanto para possibilidades de crescimento ou mudanças de carreira, quanto para o desenvolvimento de novas soluções ou otimizações na operação.

9.   Não deixe a tecnologia de fora

Por fim, não deixe a tecnologia de fora. Ela é parte crucial do seu programa de capacitação online, isso porque permite a disposição de conteúdos no ambiente digital e a integração do seu time.

Ao escolher um sistema de gestão de aprendizagem, opte por ferramentas que ofereçam não somente uma implementação rápida e suporte aprimorado, mas também possibilidades de personalização, responsividade e um layout intuitivo.

Leia mais sobre o assunto: Inovação: 5 passos para escolher o melhor ambiente de aprendizagem online para a sua empresa

Como a Plataforma Brightspace pode te ajudar?

Você quer saber como fazer treinamentos online de maneira efetiva? A D2L pode te ajudar por meio da Plataforma Brightspace, um sistema de gestão completo, efetivo e totalmente customizável.

Por meio da Plataforma, a sua empresa consegue criar treinamentos personalizados por meio de conteúdos diferenciados. Além disso, a Brightspace oferece robustas possibilidades de metodologias ativas, tornando seus cursos de capacitação mais dinâmicos e flexíveis.

A nossa plataforma é não somente intuitiva, mas também totalmente responsiva e possui alto nível de acessibilidade, o que a torna inclusiva e eficiente.

Quer saber mais? Você pode solicitar uma demonstração gratuita e ver em primeira mão todas as possibilidades que a Plataforma Brightspace oferece ao seu negócio. Acesse agora mesmo e experimente!

Fique por dentro Inscreva-Se

Cadastre-se já

Por favor, preencha o campo obrigatório.
O número de telefone deve ser um número válido.

Obrigado por se inscrever!

Inscreva-se no nosso blog

Receba as últimas notícias e dicas de especialistas para ajudar você a aproveitar ao máximo sua plataforma de aprendizagem.

Cadastrar