O vídeo não é o suficiente para uma estratégia de sala de aula virtual | D2L Brasil
IE Not suppported

Sorry, but Internet Explorer is no longer supported.

For the best D2L.com experience, it's important to use a modern browser.

To view the D2L.com website, please download another browser such as Google Chrome or Mozilla Firefox.

Por que apenas o vídeo não é o suficiente para desenvolver uma estratégia de sala de aula virtual

  • 5 min para ler

Entenda o que é e quais são os benefícios da sala de aula virtual, assim como por que apenas conteúdos em vídeo não são suficientes para engajar os alunos.

Com as profundas mudanças no mercado da educação, necessidade de readaptação por conta da pandemia e as transformações digitais que já vinham acontecendo mesmo antes da crise, a sala de aula virtual tem se tornado cada vez mais difundida no meio educacional.

E não é por acaso, esse modelo de ensino promove ao aluno um fluxo mais dinâmico e flexível de aprendizagem, acelerando a absorção de conteúdos e ainda favorecendo a inovação.

Embora seja uma opção bastante relevante, desenvolver uma estratégia de sala de aula virtual engajadora e apropriada ainda é um desafio para as instituições de ensino. Afinal, o perfil do aluno mudou, o que exige das universidades abordagens de aprendizagem mais personalizadas e interativas.

Nesse cenário, apenas recursos tradicionais, como o vídeo, já não são mais suficientes para promover uma experiência completa no ensino online.

Mas, afinal, por que essas ferramentas já não funcionam como deveriam? Como desenvolver uma estratégia apropriada na sala de aula virtual? Para responder a todos esses questionamentos, elaboramos um conteúdo completo. Confira.

Você pode se interessar: Aprendizagem online: como minimizar os impactos da pandemia na saúde mental de alunos e professores?

Afinal, o que é a sala de aula virtual?

De modo geral, a sala de aula virtual pode ser definida como um espaço online em que a aprendizagem acontece.

Também conhecida como Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), esse meio de ensino depende de uma série de estratégias pedagógicas e ferramentas tecnológicas para ser efetivo.

Por sua vez, esses recursos permitem criar um ambiente propício para troca de informações e desenvolvimento de uma série de habilidades, tanto técnicas (hard skills) quanto socioemocionais (soft skills).

Quais são os benefícios da sala de aula virtual?

Parece clichê dizer que a sala de aula virtual é o futuro, principalmente no contexto atual, em que o ensino online se tornou a única opção para mais de 1 bilhão de estudantes ao redor do mundo. No entanto, é a verdade.

Esse modelo de ensino, quando bem aplicado, promove uma série de benefícios que impactam tanto a instituição de ensino quanto o aluno, como:

  • Permite a adoção de um processo de ensino personalizado e centrado no aluno;
  • Aumenta a interatividade do fluxo educacional;
  • Melhora a comunicação entre professores e alunos;
  • Torna o processo de aprendizagem mais transparente e engajador;
  • Aumenta o envolvimento do aluno;
  • Melhora a performance do estudante;
  • Oferece ao aluno flexibilidade e dinamismo;
  • Valoriza a centralidade e autonomia dos matriculados.

Leia também: Tecnologias de aprendizagem: Como criar uma sala de aula baseada em dados

Por que apenas conteúdos em vídeo não são suficientes nesse modelo de ensino?

Como citado, a sala de aula virtual é o futuro da educação, no entanto, ela, assim como outros processos de ensino, precisa passar por uma inovação para se adequar às necessidades das novas gerações que estão chegando nas instituições de ensino e às demandas do mercado.

Nesse sentido, utilizar apenas recursos em vídeo, por exemplo, já não é suficiente para cumprir esse objetivo e alcançar os alunos de maneira efetiva.

Isso porque as novas gerações possuem algumas características muito próprias. Os alunos que estão chegando agora nas universidades são aqueles que nasceram por volta dos anos 2000 e, desde então, têm vivido o ápice da evolução tecnológica.

Por outro lado, são estudantes que estão no cerne da informação e são bombardeados de dados todos os dias. Celular, computador, televisão… todos os meios de comunicação são fontes inesgotáveis de acontecimentos e, com apenas um clique, eles podem procurar ou se comunicar exatamente o que ou com quem quiserem.

Todo esse contexto, torna a nova geração mais imediatista e muito menos paciente. Por isso, para que esse aluno tenha sua atenção capturada, é preciso utilizar recursos mais inovadores e dinâmicos. E os alunos anseiam por isso.

Para se ter uma ideia, dados de uma pesquisa feita pelas Juventudes e a Pandemia nos revelam que 15% dos estudantes esperam que as instituições promovam testes, desafios e jogos interativos para apoiar as aulas a distância.

Ou seja, é preciso compreender que a sala de aula tradicional já vinha sofrendo profundas mudanças que foram apenas aceleradas pela pandemia e a tendência é que essas inovações sejam ainda mais significativas, tornando o ensino do futuro inovador e totalmente preparado para receber as novas gerações.

Veja também: Tendências educacionais na sala de aula: como engajar os alunos das gerações Y e Z?

Como desenvolver uma estratégia inovadora no ensino online?

Mas, afinal, se apenas o vídeo não é suficiente, como desenvolver uma estratégia engajadora e dinâmica na sala de aula virtual?

Antes de respondermos essa pergunta, precisamos reforçar que os conteúdos em vídeo são sim efetivos, porém, eles precisam ser pensados e disponibilizados de maneira estratégica, com o apoio de outros tipos de materiais e recursos para que engajem os alunos.

Nesse cenário, é possível implementar metodologias ativas, como é o caso da gamificação, sala de aula invertida, ensino híbrido, aprendizagem baseada em projetos (Project Based Learning – PBL) e aprendizagem baseada em competências (EBC).

Além disso, é essencial utilizar conteúdos em diversos formatos, levando em consideração as preferências dos seus estudantes, como áudio, vídeo, E-books e artigos. Esses materiais trazem maior dinamismo durante as aulas e maximizam o envolvimento dos estudantes.

Por fim, ofereça ao aluno uma trilha de aprendizagem totalmente personalizada, que se adeque ao seu ritmo e necessidades. Todos esses processos permitem desenvolver uma estratégia online que seja atraente e valorize o fluxo educacional de cada aluno.

Veja também: 7 passos simples para fazer a migração para uma plataforma EAD

Conheça a Plataforma Brightspace!

A Plataforma Brightspace pode te ajudar a implementar uma sala de aula virtual engajadora, inovadora e totalmente customizável.

Consistindo em um sistema de gestão de aprendizagem, a Plataforma Brightspace é intuitiva e responsiva, permitindo a criação de cursos e treinamentos online.

A Plataforma Brightspace conta não apenas com ferramentas de gestão robustas e inovadoras, mas também possui diversos recursos e integrações nativas que facilitam a implementação de diferentes estratégias de ensino, adoção de metodologias ativas e disponibilização de materiais distintos.

Quer ver como funciona na prática? Acesse agora mesmo, entre em contato com o nosso time e solicite uma demonstração gratuita.

Fique por dentro Inscreva-Se

Cadastre-se já

Por favor, preencha o campo obrigatório.
O número de telefone deve ser um número válido.

Obrigado por se inscrever!

Inscreva-se no nosso blog

Receba as últimas notícias e dicas de especialistas para ajudar você a aproveitar ao máximo sua plataforma de aprendizagem.

Cadastrar