Tendências educacionais na sala de aula: engajando gerações Y e Z | D2L Brasil
IE Not suppported

Sorry, but Internet Explorer is no longer supported.

For the best D2L.com experience, it's important to use a modern browser.

To view the D2L.com website, please download another browser such as Google Chrome or Mozilla Firefox.

Tendências educacionais na sala de aula: como engajar os alunos das gerações Y e Z?

Manter as gerações Y e Z interessadas não é fácil. Nesse sentido, conheça as principais tendências educacionais na sala de aula para esses alunos!

Trabalhar com as novas gerações, como a Y e Z, não é uma tarefa fácil, especialmente para os professores. Por isso, é preciso acompanhar as tendências educacionais na sala de aula para a promoção de um ensino amplo, integrado e adaptado para esses jovens.

Uma das principais características das gerações mais novas é o grande acesso a tecnologia. Os nascidos nos anos de 2010, por exemplo, desde cedo são capazes de usar os recursos tecnológicos, como tablets e smartphones, algo que alterou também a dinâmica na sala de aula.

Embora alguns professores sejam resistentes ao uso dessas ferramentas em sala de aula, a tecnologia é uma grande aliada no processo de ensino-aprendizagem, desde que usada com direcionamento, consciência de adaptabilidade.

Inclusive, as gerações Y e Z são muito mais exigentes. Ou seja, eles querem ir além da dinâmica tradicional em sala de aula.

Tratam-se de gerações com tempo médio de atenção baixo, de 90 segundos, mas que também valoriza a formação continuada.

Segundo um estudo da Deloitte, cerca de 22% dos millennials preferem ter oportunidades de capacitação, do que prêmios monetários, quando o assunto é mercado de trabalho.

Mas, como fazer essa adaptação? Ora, o primeiro passo é acompanhar as tendências educacionais na sala de aula. Ao longo desse artigo, conheça algumas delas e saiba como engajar os alunos das gerações Y e Z!

Leia também: Como aumentar a retenção de alunos no ensino fundamental?

7 tendências educacionais na sala de aula para engajar os alunos

Embora muita coisa no ramo da educação tenha mudado com a pandemia da Covid-19, algumas tendências educacionais na sala de aula já vinham crescendo exponencialmente nos últimos anos, seja no ensino superior ou básico, com o intuito de engajar mais os alunos.

No caso das gerações Y e Z, que são imediatistas e exigentes, algumas mudanças são bastante proveitosas e podem ser incorporadas na sala de aula. São elas:

1 – Currículo acadêmico correspondente ao mercado de trabalho

Uma das principais tendências educacionais para a sala de aula é a adaptação do currículo escolar para o mercado de trabalho, com uma educação voltada ao empreendedorismo e práticas empíricas.

Isso faz com que os alunos se interessem mais pelas aulas, pois reconhecem como elas podem ser aplicadas no dia a dia.

2 – Aprendizado maker

O movimento maker, ou aprendizado marker, tem como principal objetivo melhorar a prática empírica, fazendo com que professores e alunos coloquem “a mão na massa” para buscar soluções em problemas reais.

A ideia é valorizar a experimentação, para que o aluno veja a escola como um espaço motivador e criativo. Além do mais, é uma forma de trabalhar as soft skills, em habilidades como resolução de problemas, liderança, inteligência emocional, entre outros.

3 – Gamificação

A gamificação é uma das tendências educacionais na sala de aula para o ano de 2021.

A ideia é oferecer aos alunos uma dinâmica de aprendizagem baseada em jogos, seja para simulação da realidade e aplicação de conceitos teóricos em situações controladas, ou incentivos por meio de rankings e premiações, suscitando uma competição saudável.

É uma boa maneira de engajar os alunos das gerações Y e Z, visto que eles cresceram em um mundo permeado por jogos de computador e celular.

4 – Aprendizagem baseada em competências

A educação baseada em competências tem o objetivo de equilibrar o ensino prático e teórico, para que o aluno desenvolva conhecimentos úteis e práticáveis de acordo com as suas facilidades ou dificuldades.

Ou seja, a intenção é promover ao estudante mais autonomia e, com base nos processos já aprendidos, esse matriculado pode avançar para outros conteúdos mais complexos.

Nessa metodologia, o tempo do curso não é o fator principal para os estudos e sim o desenvolvimento das competências em si.

5 – Ensino híbrido

O ensino híbrido é uma das tendências educacionais na sala de aula que ganhou maior destaque após o contexto da pandemia da Covid-19.

Aqui, a intenção é mesclar a aula presencial com educação remota, ampliando metodologias, atividades e oferecendo uma democratização do ensino para os alunos.

Uma das principais características do ensino híbrido é a aplicação de metodologias ativas, que buscam engajar os estudantes, bem como dinamizar a educação em sala de aula, rompendo com os métodos tradicionais.

6 – Sala de aula invertida

De modo resumido, a sala de aula invertida é caracterizada pelo protagonismo do aluno durante a aula. Dessa maneira, o estudante tem a oportunidade de aprimorar seus conhecimentos durante o tempo fora da instituição e compartilhá-los com os colegas, de modo dinâmico e criativo.

Além disso, a sala de aula invertida ajuda na conquista da autonomia, pois o aluno é responsável não apenas por estudar o que foi proposto pelos professores, mas também por buscar novas informações interessantes e válidas para a troca com a classe.

7 – Uso de tecnologias

Muito mais do que uma tendência educacional para a sala de aula, o uso de tecnologias tornou-se indispensável, principalmente no ensino para as gerações Y e Z.

Como podemos perceber, essas gerações são hiperconectadas, por conta disso, é fundamental a utilização das TICs para gerar engajamento e promover a aplicação das metodologias ativas apresentadas anteriormente.

Saiba mais: Essa semana em EdTech: 4 formas de melhorar o domínio das tecnologias no ensino superior

Plataforma Brightspace: aplique as principais tendências educacionais em sala de aula

A D2L oferece a oportunidade para quem deseja aplicar as principais tendências educacionais na sala de aula: a plataforma Brightspace.

Essa solução foi criada para acompanhar os desafios da educação no século XXI, oferecendo um ambiente personalizável, altamente tecnológico e com capacidade para aplicação de diferentes metodologias contemporâneas de ensino.

Você pode conhecer mais sobre a plataforma Brightspace e como aplicar as tendências educacionais em sala de aula de forma simples: entre em contato com um de nossos especialistas e veja todas as possibilidades!

Fique por dentro Inscreva-Se

Cadastre-se já

Por favor, preencha o campo obrigatório.
O número de telefone deve ser um número válido.

Obrigado por se inscrever!

Inscreva-se no nosso blog

Receba as últimas notícias e dicas de especialistas para ajudar você a aproveitar ao máximo sua plataforma de aprendizagem.

Cadastrar