7 erros que atrapalham a implementação de uma plataforma digital de aprendizagem | D2L Brasil
IE Not suppported

Sorry, but Internet Explorer is no longer supported.

For the best D2L.com experience, it's important to use a modern browser.

To view the D2L.com website, please download another browser such as Google Chrome or Mozilla Firefox.

7 erros que atrapalham a implementação de uma plataforma digital de aprendizagem na educação corporativa

  • 6 min para ler

Entenda o que é, principais benefícios e os erros que afetam o funcionamento da plataforma digital de aprendizagem, assim como evitá-los.

Com a alta demanda por transformação digital e necessidade de inovação, a procura por tecnologias que sustentem a implementação dos treinamentos e cursos empresariais também está aumentando, como é o caso da plataforma digital de aprendizagem.

De acordo com o Global Corporate E-learning Market Size, Status and Forecast, a estimativa é que o mercado de educação corporativa salte de US$ 17 bilhões, número registrado em 2019, para US$ 37 bilhões até 2026

Esse cenário de expansão não apenas abre portas para a adoção de novas técnicas e estratégias de aprendizagem, mas também de tecnologias. Nesse sentido, o uso de um LMS (Learning Management System ou Sistema de Gestão de Aprendizagem, na tradução) é crucial para a sustentação desses processos.

No entanto, muitos gestores acabam negligenciando alguns detalhes no momento de escolher e implementar uma plataforma digital de aprendizagem. Esse fato, porém, interfere diretamente no funcionamento da ferramenta e nos resultados das iniciativas de educação corporativa.

Diante disso, confira abaixo quais são os principais erros que atrapalham o uso do LMS no mundo empresarial e como evitá-los.

Você pode se interessar: O que é aprendizagem adaptativa e qual é o papel da tecnologia para colocá-la em prática

Importância da plataforma de aprendizagem na educação corporativa

Antes de entendermos as falhas que prejudicam o funcionamento da plataforma de aprendizagem na educação corporativa, precisamos compreender a importância dessa ferramenta.

De maneira prática, essa tecnologia permite a criação de cursos e treinamentos online, geralmente, se encaixando às necessidades da empresa e dos seus colaboradores.

Além disso, a plataforma de aprendizagem conta com recursos inovadores que viabilizam a personalização de todo o processo de ensino e a adoção de metodologias ativas que facilitam a absorção de conteúdos.

Com isso, essa ferramenta gera benefícios como:

Confira este post: Plataforma EAD corporativa: o que é, benefícios e como escolher

7 erros que atrapalham a implementação de uma plataforma digital de aprendizagem

Agora que você entendeu as principais vantagens que uma plataforma digital de aprendizagem pode trazer à sua empresa, confira abaixo algumas falhas que afetam esses resultados:

1.   Não alinhar as expectativas internas antes de buscar uma plataforma

Não é um grande segredo dizer que o planejamento é a “alma” de qualquer processo de educação corporativa. Não elaborar esse plano e não alinhar as expectativas internas antes de procurar uma tecnologia para apoiar essa estratégia são grandes erros.

Por essa razão, faça um planejamento detalhado, considerando todas as metas da sua operação, assim como as lacunas de habilidades já presentes. Quanto mais claro for esse plano, mais assertiva será a escolha da ferramenta e adoção de tecnologias.

2.   Não analisar se a plataforma é customizável

Outro erro bastante comum é não analisar determinadas configurações das próprias plataformas antes de escolher uma ferramenta, como é o caso da possibilidade de personalização.

Sem uma tecnologia customizável, a sua empresa não conseguirá adequar a estratégia de aprendizagem às necessidades dos colaboradores, o que pode tornar os treinamentos menos efetivos, além de prejudicar a experiência dos funcionários.

3.   Desconsiderar a experiência dos colaboradores

Por falar em experiência, não mapear a vivência dos colaboradores com as iniciativas de educação corporativa é um erro que, muitas vezes, custa o engajamento, interesse e, até mesmo, permanência dos funcionários na empresa.

Para evitar esse cenário bastante negativo, envolva ativamente os seus colaboradores na implementação da plataforma e sempre escute os feedbacks dos funcionários de acordo com o uso da ferramenta.

Essas trocas de informações podem trazer insights poderosos para a otimização constante da tecnologia, assim como implementação de melhorias ou correção de bugs ou falhas.

Veja também: Indicadores de treinamento e desenvolvimento: o que são, importância e quais acompanhar

4.   Não analisar as possibilidades de integração

Para que uma plataforma digital de aprendizagem seja efetiva, ela precisa dispor de recursos inovadores, que garantam flexibilidade e dinamismo nas estratégias de ensino, como é o caso da integração.

Quando uma ferramenta não permite integrações interessantes, são altas as chances de ela se tornar obsoleta rapidamente. Por isso, analise muito bem quais são as possibilidades da plataforma antes mesmo de adotá-la.

5.   Não considerar a adoção de diversos tipos de conteúdo

É possível utilizar conteúdos nos mais diversos formatos para a implementação da educação corporativa, como é o caso de artigos, E-books, podcasts, infográficos, vídeos e muitos outros.

A variação de formatos permite que os conteúdos dispostos sejam mais interessantes e se adequem às preferências dos colaboradores. Por essa razão, não deixe isso de lado. Aproveite tudo o que a tecnologia pode te oferecer e não cometa o erro de escolher uma plataforma que não te dê o devido suporte.

6.   Não preparar os funcionários

Muitos gestores acreditam que a simples existência de uma plataforma digital de aprendizagem seja suficiente para despertar o interesse dos colaboradores, porém, não é bem assim.

Por mais intuitiva que seja a ferramenta, é preciso preparar os funcionários, tanto no que diz respeito aos conteúdos e objetivos dos treinamentos, quanto em relação à própria plataforma.

7.   Não se informar acerca do provedor

Por fim, um grande erro ao escolher uma plataforma de gestão da aprendizagem, sem dúvidas, é não se informar antecipadamente sobre o provedor. Acordos feitos no “escuro” podem resultar em problemas futuros.

Por isso, analise muito bem todas as possibilidades da plataforma, serviços inclusos no pacote, suporte do provedor e sua experiência no mercado. Além disso, veja também a percepção do público em relação ao produto, buscando por cases e avaliações.

Veja também: Gestão e liderança: Como as empresas podem cuidar da saúde mental dos colaboradores?

Conheça a Plataforma Brightspace!

A Brightspace é uma plataforma digital de aprendizagem completa, intuitiva e responsiva. Elaborada pela D2L, uma empresa com mais de 20 anos de experiência no setor e atuação em mais de 7 países, a Brightspace permite a criação de cursos e treinamentos aprimorados.

Contando com recursos inovadores, a Brightspace facilita a implementação de metodologias ativas e personalização de todo o sistema.

Além disso, o nosso sistema de gestão de aprendizagem conta com ferramentas de gerenciamento completas, que simplificam a visualização de dados e emissão de relatórios em tempo real.

Com isso, a sua empresa consegue acompanhar de perto o desempenho dos colaboradores e identificar com rapidez possíveis problemas.

Quer ver na prática como a Plataforma Brightspace funciona? Preparamos uma demonstração gratuita especial para o seu negócio! Entre agora mesmo em contato e solicite a sua!

Fique por dentro Inscreva-Se

Artigos Sugeridos

Cadastre-se já

Por favor, preencha o campo obrigatório.
O número de telefone deve ser um número válido.

Obrigado por se inscrever!

Inscreva-se no nosso blog

Receba as últimas notícias e dicas de especialistas para ajudar você a aproveitar ao máximo sua plataforma de aprendizagem.

Cadastrar