IE Not suppported

Sorry, but Internet Explorer is no longer supported.

For the best D2L.com experience, it's important to use a modern browser.

To view the D2L.com website, please download another browser such as Google Chrome or Mozilla Firefox.

5 dicas de como fazer um plano de desenvolvimento individual eficiente

  • 3 min para ler

O plano de desenvolvimento individual ajuda a melhorar a retenção de talentos. Confira um passo a passo de como montar um PDI eficiente na sua empresa.

O plano de desenvolvimento individual é essencial para a formação e a capacitação de profissionais, tanto no aprimoramento de habilidades já existentes quanto no desenvolvimento de novas. Tudo isso varia de acordo com as necessidades encontradas na equipe e o perfil dos colaboradores.

Pensando neste desafio, apresentamos cinco dicas de como fazer um plano de desenvolvimento individual eficiente. Isso irá auxiliar os funcionários no crescimento profissional e as empresas a ter um time mais qualificado.

Leia também: Veja como desenvolver novas competências organizacionais

Afinal, por que o plano de desenvolvimento individual é tão importante?

Com o objetivo de aprimorar os conhecimentos, habilidades e o comportamento dos colaboradores, o plano de desenvolvimento individual tem a capacidade de aumentar suas performances no trabalho.

Assim, é possível otimizar a produtividade dos profissionais, gerando lucros para a empresa e benefícios para o funcionário.

Essa estratégia é altamente eficaz para fazer com que os funcionários sejam mais independentes e saibam lidar facilmente com os problemas diários.

Além disso, o PDI mostra que as empresas valorizam os trabalhadores. O que aumenta a atração e retenção de talentos na organização.

Como montar um PDI eficaz?

Para que o plano de desenvolvimento traga os resultados almejados, é necessário que algumas etapas indispensáveis sejam seguidas. Veja quais são os passos primordiais para desenvolver os profissionais da sua empresa.

1. Definição de objetivos
É necessário ter foco para nortear a qualificação profissional e a educação corporativa. Por isso, os objetivos são peças fundamentais na hora de colocar em prática um plano de desenvolvimento individual.

Sem contar que as metas e os objetivos ajudam a motivar os funcionários e incentivar os membros da equipe a terem melhores desempenhos.

Leitura recomendada: Desenvolvimento de liderança: como treinar líderes jovens na equipe

2. Observe a fase do colaborador

Dar um tiro no escuro nunca é uma boa opção. Assim, a análise das características e da fase de cada funcionário é uma boa dica para elaborar o plano de desenvolvimento individual para os seus colaboradores.

Perceba as habilidades, as dificuldades enfrentadas, a quantidade de acertos e erros dos profissionais, entre outros pontos cruciais, para montar um PDI eficiente.

3. Mostre interesse e dê feedback aos colaboradores

É fato que todos precisam de um feedback. Os funcionários não são diferentes e precisam saber que há interesse em seu desenvolvimento. Assim, mostre que existe uma pessoa observando o colaborador e sua evolução de perto.

Faça uma gestão de competências, apresente os pontos positivos e negativos do desenvolvimento do colaborador. Com isso, você irá motivá-lo e demonstrar que seu trabalho é relevante.

4. Avalie os prós e os contras

Como nem tudo é perfeito, os funcionários têm aspectos positivos e negativos. Faça uma verificação dos prós e contras das atuais capacidades da sua equipe.

Trabalhe na melhora dos pontos negativos e fique atento ao desenvolvimento dos pontos positivos.

Para isso, analise os cursos e treinamentos que serão aplicados de forma personalizada para cada grupo de colaboradores.

Leia também: Como desenvolver trilhas de aprendizagem na educação corporativa

5. Utilize uma ferramenta para o acompanhamento

É importante que haja um monitoramento no desenvolvimento dos profissionais. Para tanto, a utilização de uma plataforma de aprendizagem é extremamente válida.

Assim, o gestor irá acompanhar o avanço dos funcionários de perto e ainda poderá dar novas atribuições a eles de acordo com sua capacitação e novas habilidades.

Além disso, a utilização da plataforma EAD ajuda a otimizar o tempo dos colaboradores para a realização dos treinamentos.

Como a plataforma Brightspace pode ajudar?

A D2L pensou em tudo para te ajudar na hora de montar um plano de desenvolvimento individual. Com a plataforma de aprendizagem Brightspace, você poderá criar cursos de capacitação da maneira que for mais adequada à empresa.

A ferramenta ainda dá todo o suporte para criar conteúdos atualizados, dinâmicos e que conversam com a necessidade dos alunos/colaboradores.

Além do que, é possível criar trilhas de aprendizagem e focar em assuntos de extrema relevância para os colaboradores, evitando aqueles que já foram vistos. Fácil, né? Entre em contato para saber mais e solicite uma demonstração gratuita!

Fique por dentro Inscreva-Se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment Submitted

Thank you for your comment

Cadastre-se já

Por favor, preencha o campo obrigatório.
O número de telefone deve ser um número válido.

Obrigado por se inscrever!

Inscreva-se no nosso blog

Receba as últimas notícias e dicas de especialistas para ajudar você a aproveitar ao máximo sua plataforma de aprendizagem.

Cadastrar