D2L e Universidade San Francisco de Quito: uma relação com um grande futuro pela frente

  • 5 min para ler

Como líder mundial em tecnologia educacional, a D2L continua ajudando as organizações a transformar seu ambiente tecnológico com a Brightspace, seu sistema de gestão da aprendizagem (LMS). A Universidade San Francisco de Quito (USFQ) tem mais de 25 anos de experiência e conta com mais de 8.500 alunos. Conversamos com María Dolores Lasso, Diretora de Desenvolvimento de Currículos, e com Pablo Morales, Responsável pela Gestão, Administração e Suporte da plataforma D2L, para saber mais sobre o caminho da USFQ com a Brightspace.

A Universidade San Francisco de Quito foi a primeira universidade particular do Equador e é uma das poucas instituições dedicadas às artes liberais na região. A instituição está entre melhores universidades do Equador: é a única universidade totalmente particular do país classificada na categoria mais alta (Categoria A) pelo CONEA (Conselho Nacional de Avaliação e Credenciamento da Educação Superior).

A UFSQ foi a primeira universidade da América Latina a adotar o sistema da D2L. Por isso, a instituição tem muita experiência com a plataforma. Pablo Morales conta que o bom relacionamento que tem com a D2L foi fundamental para manter essa parceria por tanto tempo. Uma das principais vantagens que ele aponta nesse relacionamento é o apoio constante da D2L para resolver problemas, tirar dúvidas e ajudar em novas integrações. Além disso, os altos níveis de adoção dos alunos e professores ajudaram muito a consolidar a confiança da instituição na plataforma. María Dolores Lasso destaca a versatilidade da Brightspace em relação a outras plataformas: ela se adapta a diferentes necessidades e tipos de curso. Isso permite que a universidade ofereça acompanhamento virtual para todas as aulas presenciais. Assim, os cursos têm um espaço em que é possível carregar o conteúdo programático, o boletim escolar e o calendário. Além disso, como a plataforma é muito fácil de usar, muitos professores decidem dar um passo além e aproveitar as diferentes funções da Brightspace para deixar as aulas ainda melhores.

Recentemente, a UFSQ decidiu adotar a nova versão da plataforma, chamada Daylight. Para isso, não bastou uma migração, foi necessário implementar um ambiente totalmente novo. O primeiro aspecto que a universidade destaca é o layout responsivo da interface, pois, com o ritmo de vida da atualidade, a maioria dos usuários prefere usar dispositivos móveis. Além disso, o novo layout é muito mais claro e simplifica a experiência dos professores. Outro aspecto importante é que a nova plataforma tem relatórios muito mais fáceis de entender, por isso, é mais prático acessar informações sobre o que acontece em sala de aula.

Para a universidade, um dos indicadores de sucesso da implementação será o número de novos cursos online oferecidos. O nível de adoção dos professores também é fundamental. Por exemplo, os professores buscam mais facilidade de interação em dispositivos móveis. Com o Assignment Grader, é possível avaliar os trabalhos dos alunos pelo celular. Isso ajuda muito a aumentar os níveis de adoção.

Para María Dolores Lasso, a universidade está trabalhando em duas prioridades: começar a oferecer mais aulas online para os cursos de pós-graduação e promover mais iniciativas lúdicas, com o objetivo de envolver ainda mais os professores no mundo do ensino virtual.

María Dolores Lasso e Pablo Morales acreditam que a interface do usuário é um dos componentes essenciais para avaliar uma plataforma, pois, quando a interface é muito confusa, o professor e os alunos rejeitam a plataforma. Entre outros aspectos importantes, eles mencionaram as ferramentas que podem ser integradas ao produto. Por exemplo, a Brightspace oferece videoconferências, rubricas, objetivos de aprendizagem, aprendizagem por competências, etc. Por último, eles recomendam formar uma equipe multidisciplinar para avaliar as plataformas, com professores, funcionários administrativos e técnicos, e até mesmo alunos, para poder incorporar perspectivas diferentes.