IE Not suppported

Sorry, but Internet Explorer is no longer supported.

For the best D2L.com experience, it's important to use a modern browser.

To view the D2L.com website, please download another browser such as Google Chrome or Mozilla Firefox.

Estratégias de suporte

O equilíbrio entre estudos acadêmicos e outros compromissos do dia a dia pode ser um desafio para os alunos não tradicionais e de primeira geração.

Para atrair e reter mais alunos desse tipo, os professores universitários devem estar dispostos a pensar de forma mais inclusiva sobre seus programas, oferecer mais apoio e incentivar o sucesso dos alunos pensando em um público adulto mais amplo.

Criar e disponibilizar recursos para esses alunos que reforcem hábitos de estudo positivos, assim como a organização e o equilíbrio saudável entre trabalho e educação, pode ser muito útil.

Estas são algumas estratégias importantes que devem ser consideradas durante a criação e estruturação de oportunidades de aprendizagem para alunos não tradicionais e de primeira geração:

Envolver esses alunos no planejamento e na implementação do programa: Peça para os alunos não tradicionais e de primeira geração ajudarem oferecendo orientação a novos estudantes como eles. Outra boa ideia é indicá-los para participar de conselhos consultivos e pedir que eles sugiram atividades de aprendizagem.

Retratar a experiência de vida desses alunos nas aulas e atividades: Busque inspiração nas experiências pessoais, nas etapas de desenvolvimento e nos problemas dos alunos para servir como base para novas aprendizagens. Essa abordagem torna a sala de aula mais autêntica, pois os adultos aprendem a usar as habilidades em situações reais e relevantes.

Respeitar a cultura, os conhecimentos e as experiências dos alunos: É importante entender as experiências e as comunidades dos alunos. O desafio de personalizar a educação de acordo com necessidades individuais é que o processo pode negligenciar questões de gênero, raça e classe social — questões que representam realidades que muitos alunos não tradicionais e de primeira geração enfrentam no dia a dia.

Criar pequenos grupos e incorporá-los às atividades de aprendizagem: Algumas vantagens de trabalhar com pequenos grupos são as oportunidades de apoio entre colegas e a criação de um ambiente cooperativo, inclusivo e participativo, menos hierárquico e organizado que as abordagens tradicionais.

Quando os alunos não tradicionais e de primeira geração adotam bons hábitos de estudo e ferramentas para aproveitar melhor a aprendizagem desde o início, eles se beneficiam durante toda a vida profissional.

Assista ao nosso webinar sobre como desenvolver uma estratégia para garantir o sucesso dos alunos no ensino superior

Veja como a University of Wisconsin-Extension oferece a flexibilidade de que os alunos não tradicionais precisam para alcançar o sucesso:

Want to get the full story?

Sign up to read this section.

Por favor, preencha o campo obrigatório.
O número de telefone deve ser um número válido.
Obrigado por enviar o formulário.

Você pode cancelar a qualquer momento. As informações pessoais podem ser coletadas, usadas e divulgadas de acordo com a nossa declaração de privacidade. Por favor, note que, se você não fornecer consentimento expresso, que pode, em circunstâncias limitadas, continuar a fornecer comunicações com você ao abrigo das disposições consentimento implícito da legislação anti-spam aplicável.