• WATERLOO, ON

D2l Lança O Plano De Análises De Aprendizagem

D2L classificada entre as melhores companhias de análises de dados – a D2L foi classificada na 6ª colocação da lista de Companhias Mais Inovadoras de 2016 divulgada pela Fast Company, ao lado da Spotify, IBM, Costco, Google, e Blue Cross Blue Shield

Hoje, a D2L, líder global em tecnologia de educação e criadora de Brightspace, lançou o Plano de Análises de Aprendizagem, um guia visual que mostra como implementar uma solução de Análise de aprendizagem com sucesso. O Plano de Análises de Aprendizagem apresenta um conjunto de melhores práticas para a otimização de dados sobre aprendizagem.  O Projeto de Análises em Aprendizagem foi desenvolvido pelos profissionais de gestão de mudança, governança de dados e ciências de dados da D2L.

“Nossos clientes disseram que queriam aprender como usar dados para melhorar os resultados de aprendizagem, mas não sabem onde começar.  Por esse motivo, é com muita satisfação que estamos lançando o Plano de Análises de Aprendizagem, um guia que auxiliar qualquer organização a planejar e implementar um sistema de análises de aprendizagem e ampliar o sucesso de seus alunos”, disse John Baker, CEO da D2L.

A D2L foi reconhecida pela sua capacidade de criar análises poderosas que criam experiências de aprendizagem mais ricas, obtendo a 6ª colocação no ranking das Companhias Mais Inovadoras de 2016 publicado pela Fast Company, ao lado da Spotify, IBM, Costco, Google e Blue Cross Blue Shield na categoria de Ciência de Dados.

fast-company

O Plano de Análises de Aprendizagem atende uma necessidade crescente do mercado. Gates Bryant, da Tyton Partners, disse que: “… o cenário mudou em 2015, com grandes avanços em áreas como a construção de tecnologias para capturar dados, os meios disponíveis para usar dados e até a atividade empresarial no setor de análises de dados. Essas mudanças revelam que colégios e universidades estão prestes a realmente aproveitar de dados analisando o sucesso de seus alunos para aumentar a retenção e o número de alunos se formando.”[1]

Apesar dessa crescente demanda, muitas organizações não sabem onde começar com a análise de aprendizagem. Descobriram que sem a capacidade de converter esse conhecimento em informações acionáveis, não basta simplesmente ter acesso a essas informações.  O potencial das análises de aprendizagem é realizado ao converter esses dados em conhecimento e, depois, em ações dirigidas que geram resultados.  O Plano de Análises de Aprendizagem foi desenvolvido para mostrar esse processo. Kelly Calhoun da Gartner disse: “É um grande desafio desenvolver o treinamento necessário para aproveitar do potencial desse tipo de análise no ensino básico e médio. Faltam pessoas treinadas em ciências de dados no mundo inteiro e a demanda por esse tipo de habilidade está crescendo rapidamente no setor privado.  O grande desafio no futuro será o desenvolvimento de estratégias para o desenvolvimento de capacidades analíticas através de funcionários existentes ou fornecedores externos.”[2]

Ao adotar o Plano de Análises de Aprendizagem e um sistema de análises, as instituições de ensino básico, médio e superior podem garantir mais sucesso para seus alunos.  De acordo com um relatório recente da Ovum, “A D2L recebeu a pontuação máxima em desempenho e retenção de alunos por que deixou de simplesmente gerar relatórios e alertas. Nenhum outro fornecedor domina a área de análises preditivas como a D2L”.  A Fast Company também reconheceu os sistemas de análise da D2L ao incluir a empresa entre as Companhia Mais Inovadoras em 2016 no setor de Ciência de Dados. Os usuários de sistemas D2L comprovam o impacto das soluções da D2L:

  • Usando as análises do Brightspace, a Georgia Southern revela que consegue prever os resultados de 67% dos alunos de determinada série em apenas quatro semanas de aula. O nível de precisão aumenta para 88% até a 18ª semana.
  • Diretor Rick Tanski, da Academy Online High School, disse que “Um número maior de crianças está passando com nota 5 ou maior, reduzindo o número de crianças com notas na faixa de 3 a 1. Entre 2013 e 2014, reduzimos o número de alunos que não passavam sua provas em 36%” usando as capacidades preditivas da D2L.

Para mais informações sobre o release Brightspace Learning Analytics Blueprint, visite www.brightspace.com/learning-analytics-blueprint/.

[1] Unlocking Predictive Analytics to Improve Student Engagement and Retention

[2] Gartner, Cinco Maiores Tendências de Negócios Impactando o Ensino Básico e Médio em 2016; Publicado: 13 de janeiro, 2016

[1] Unlocking Predictive Analytics to Improve Student Engagement and Retention

[2] Gartner, Top Five Business Trends Impacting K-12 Education in 2016; Published: 13 January 2016

Sobre a D2L

D2L é líder em software para aprimorar a experiência de aprendizagem.  A plataforma em nuvem da companhia – Brightspace – não é um simples sistema padronizado para gestão de aprendizagem. É mais fácil de usar, flexível e inteligente. Com a Brightspace, é possível personalizar a experiência para cada aluno e produzir resultados concretos. A companhia é líder mundial em análises de ensino: a plataforma prevê o desempenho do aluno, que permite implementar ações em tempo real para guiar seu desempenho.  A Brightspace é usada por alunos de ensino superior e no setor empresarial, inclusive do Fortune 1000. A D2L mantém escritórios nos Estados Unidos, Canadá, Europa, Austrália, Brasil e Cingapura. www.brightspace.com/br | www.D2L.com.

CONTATOS DA IMPRENSA

Virginia Jamieson
diretora mundial de comunicações, D2L Ltd.
650-279-8619
Virginia.Jamieson@D2L.com
Twitter: @D2LNews
Clara Persand
IMS para a D2L,
305-670-7888

Elusa Costa
gerente de comunicação , IMS Brasil para a D2L
55 11 3192-3806

© 2015 D2L Corporation.
A família D2L de companhias inclui a D2L Corporation, D2L Ltda., D2L Austrália Pty Ltda., D2L Europe Ltda., D2L Ásia Pte Ltd, e a D2L Brasil Soluções de Tecnologia para Educação Ltda.
TODAS AS MARCAS D2L SÃO MARCAS REGISTRADAS DA D2L CORPORATION. VISITE D2L.COM/TRADEMARKS PARA UMA LISTA DE MARCAS REGISTRADAS DA D2L.