IE Not suppported

Sorry, but Internet Explorer is no longer supported.

For the best D2L.com experience, it's important to use a modern browser.

To view the D2L.com website, please download another browser such as Google Chrome or Mozilla Firefox.

Colégio Positivo

Colégio Positivo usa a tecnologia para expandir a educação a distância e revolucionar a história da instituição


Conheça o Colégio Positivo

Visão Geral

Cliente: Colégio Positivo

Desafios

  • Implementar o ensino emergencial em duas semanas;
  • Oferecer educação a distância através de uma plataforma de aprendizagem que suportasse todos os mais de 12 mil alunos e 1 mil professores da instituição;
  • Aprimorar a educação online de maneira sustentável.

Soluções

  • Implementação da Plataforma Brightspace;
  • Elaboração de um planejamento pedagógico robusto e envolvimento dos professores, alunos e familiares;
  • Criação de um plano pedagógico para alunos da educação especial e adoção de recursos personalizados de acordo com as necessidades de cada estudante.

Resultados

  • Criação do Positivo+, ambiente online do Colégio Positivo hospedado na Plataforma Brightspace;
  • Aumento do engajamento de alunos, professores e familiares;
  • Crescimento sustentável e diferencial competitivo.
Colégio Positivo Logo

O Colégio Positivo tem 50 anos de atuação no mercado e, atualmente, conta com 17 escolas localizadas na região sul do país, atendendo alunos de todos os níveis do ensino básico. Dentre os diferenciais do Colégio Positivo, destacam-se o foco em pesquisa, metodologia de ensino baseado na cultura marker, educação bilíngue e projeto de formação humana.

Desafios

A pandemia trouxe um profundo desafio para diversas instituições de ensino espalhadas pelo mundo e o Colégio Positivo foi uma delas.

Com a necessidade de fechamento das escolas para contenção do vírus, o Colégio se viu em uma realidade desafiadora, onde precisou de uma solução rápida para garantir a continuidade da aprendizagem para os mais de 12 mil alunos em todas as 15 escolas da instituição.

Nesse cenário sem precedentes, o Colégio Positivo optou por adiantar duas semanas das chamadas férias de inverno (recesso escolar que acontece entre os meses de junho e julho no Brasil), com o objetivo de conseguir elaborar o planejamento emergencial das aulas remotas.

De acordo com Celso Hartmann, Diretor Geral do Colégio Positivo, durante esse período, o maior desafio foi encontrar uma tecnologia robusta. “Nós não tínhamos um LMS capaz de suportar mais de 12 mil alunos e 1 mil professores acessando ao mesmo tempo”, relata o diretor.

Com isso, começaram a pesquisar no mercado um sistema que tivesse não somente as ferramentas necessárias, mas também cases de sucesso significativos e reconhecimento internacional.

“Foi assim que chegamos na Plataforma Brightspace, da D2L, que foi a tecnologia escolhida e que teve ousadia de nos apoiar nessa transição para o online em duas semanas. A partir de então, começou a nossa breve, rápida e intensa linha do tempo para implementação de um novo projeto tecnológico”, nos conta Celso.

Imagem ilustrando uma garota utilizando o Brightspace no notebook, resultado do trabalho da D2L com o Colégio Positivo

Soluções

Com a escolha da Plataforma Brightspace, o Colégio Positivo começou a elaborar todo o planejamento do Positivo+, espaço virtual dos alunos hospedado no sistema da D2L.

Durante a primeira semana, foi montada a arquitetura de toda a infraestrutura dentro da plataforma, dividida em três ambientes de acordo com os projetos do Colégio: Ensino Regular e Bilíngue, Escola Passo Certo e Colégio Positivo Internacional.

Por sua vez, dentro de cada um desses ambientes, foram divididos também os espaços de acordo com o nível dos alunos atendidos pelo Colégio Positivo, desde o ensino infantil até o ensino médio.

Com isso, foi feita uma capacitação e treinamento emergencial de toda a equipe pedagógica e cerca de 430 professores foram selecionados para produzirem e postarem os primeiros materiais dentro da plataforma.

Durante esse período de desenvolvimento rápido, os docentes foram orientados acerca do uso da plataforma, recursos disponíveis, metodologias e conteúdos que seriam disponibilizados.

Ao decorrer desse trabalho de produção, aspectos como acessibilidade, diversidade e inclusão, já tão valorizados pelo colégio no âmbito presencial, também foram trazidos para o universo online.

Nesse cenário, foram criados planos de aulas específicos para estudantes da educação especial baseados no PEI (Plano Educacional Individualizado), assim como disponibilizados recursos de acordo com a necessidade de cada aluno. Por sua vez, os estudantes também tiveram acesso a um acompanhamento totalmente dedicado e personalizado.

“Aquela pessoa que acompanhava o desempenho pedagógico de cada um desses estudantes passou a monitorar dentro da plataforma”, esclarece Celso.

Por fim, foi definido um processo semanal de verificação da aprendizagem, em que os docentes poderiam acompanhar o desempenho e participação dos alunos de maneira regular.

Ao mesmo tempo, o colégio implantou um fluxo de preparação para os familiares, com todas as orientações necessárias para que os pais e responsáveis pelos alunos pudessem auxiliá-los nessa trajetória virtual.

Combinando conteúdos assíncronos e síncronos, em duas semanas, nasceu o Positivo+, um projeto moderno, inovador e que já contava com 450 videoaulas para continuação emergencial da aprendizagem.

No entanto, o Colégio Positivo não parou o processo de transformação. Maria Fernanda Suss, Gerente Geral do Centro de Inovação Pedagógica, Pesquisa e Desenvolvimento, nos conta que a instituição aprimorou ainda mais essa iniciativa.

“Nós continuamos aperfeiçoando o projeto pedagógico da nossa escola. Saímos de uma condição emergencial, que foram essas primeiras duas semanas, e passamos para um projeto intencional, analisando o passo a passo da nossa ação, com um tempo maior de planejamento”, relata Maria.

Nesse processo, o colégio também passou a solidificar ainda mais as relações humanas durante a adaptação do projeto pedagógico. “Nós temos absoluta certeza que essa migração foi possível por meio de um trabalho colaborativo, em que cada pessoa envolvida no processo foi amplamente valorizada e apoiada”, nos conta a Gerente.

Para isso, o colégio reconheceu as mudanças no papel do aluno, professor e, principalmente, familiares. Por essa razão, foram adotados diversos projetos paralelos para reforçar a comunicação e conexão com todos os agentes escolares, como eventos remotos, atividades integradas e desenvolvimento docente.

Com isso, aspectos como empatia, respeito, interação, criatividade, escuta ativa e emoção foram mais valorizados. “A escola não é composta apenas pela matriz curricular, mas também pela vivência e relação entre os diversos agentes escolares”, afirma Maria.

Por sua vez, o corpo docente também foi impactado positivamente durante esse período. “O nosso professor, mais do que nunca, se tornou um aprendiz. Ele se viu diante de um mundo novo, com muitas necessidades de aprendizagem, e se abriu para tudo isso com um único objetivo: alcançar o aluno”, nos conta a Gerente do Centro de Inovação.

Desse modo, foi adotada a formação continuada, com uma série de conteúdos e materiais disponibilizados por meio do Positivo+, ambiente online hospedado na Plataforma Brightspace, em que os professores puderam ter acesso a um ciclo de aprendizagem docente com mais de dois meses de duração.

Imagem ilustrando duas professoras conversando

Resultados

O resultado não poderia ser diferente: o Colégio Positivo conseguiu revolucionar completamente o fluxo de aprendizagem interno. Atualmente, a principal metodologia ativa utilizada no ensino remoto é a aula invertida, sustentada pela junção perfeita das aulas síncronas e assíncronas.

Além disso, todos os mil professores que fazem parte da instituição também são produtores de conteúdos e a plataforma já conta com mais de 12 mil videoaulas gravadas, mais de 7.500 instrumentos de verificação de aprendizagem e mais de 10 mil planos de aula em vigência.

Há mais de 11 mil alunos dentro do sistema, que possui mais de 83 milhões de logins e mais de 12 milhões de conteúdos foram concluídos pelos alunos.

De acordo com Maria Fernanda, essa é “uma experiência que deixou muitos frutos” e um legado de constante evolução para o colégio.

“Tornamos em pó as fronteiras da escola, para termos uma instituição que pode aproveitar o que tem de melhor no mundo e levar ao aluno de uma forma totalmente diferente”, finaliza Celso Hartmann.

Imagem ilustrando uma garota estudando em uma mesa e em frente a um laptop, resultado do trabalho da D2L com o Colégio Positivo

Sobre a Plataforma Brightspace

A Plataforma Brightspace é um sistema de gestão da aprendizagem completo, totalmente personalizável, intuitivo e responsivo. Contando com recursos avançados, a Brightspace facilita a criação e disseminação de cursos e disciplinas online.

Com ferramentas de gestão inovadoras e os agentes inteligentes, a Plataforma Brightspace permite o acompanhamento detalhado de todo o fluxo de aprendizagem dos alunos, garantindo a adoção de trilhas personalizadas e melhorias constantes nos processos de ensino.

Desse modo, a sua instituição consegue atingir diferencial competitivo, profunda transformação digital, gerenciamento baseado em dados, qualidade e flexibilidade.

Sobre a D2L

A D2L possui mais de 20 anos de experiência no mercado de tecnologia educacional e atuação em diversos países espalhados pela América, Europa, Oceania e Ásia. Com inovação constante, a D2L tem apenas um único objetivo: democratizar o acesso à educação por meio da tecnologia.

Precisa de mais informação?

Você gostaria de conversar com uma pessoa real? Veja as opções.

Vamos conversar