Tu clase, tu país: um projeto que aposta nos professores

  • 3 min para ler

Tu clase, tu país é uma iniciativa social chilena criada para melhorar a qualidade da educação e a formação dos professores.

Já faz mais de cinco que nasceu Tu clase, tu país, uma iniciativa que visa contribuir para a qualidade da educação no Chile e na América Latina como um todo. No Brasil, o projeto foi lançado em parceria com o Instituto Crescer e o XD Education com o nome Sua Classe, Brasil. Atualmente, o projeto também está presente no Uruguai, Venezuela, República Dominicana, Argentina e Colômbia e oferece 114 cursos online em áreas como educação fundamental, implementação curricular, desenvolvimento de estratégias inovadoras, inclusão em sala de aula e desenvolvimento pessoal do professor.

A iniciativa surgiu em resposta ao eterno dilema de como melhorar a educação no Chile. Para os fundadores do projeto, a resposta não dependia apenas de melhorar a formação inicial dos professores, mas também de criar um espaço dedicado ao seu desenvolvimento contínuo. Assim nasceu Tu clase, tu país. “Acredito que existe um desafio enorme associado à atualização metodológica, a como os professores podem desenvolver práticas inovadoras para atender melhor às expectativas, aos estilos de aprendizagem e às necessidades dos estudantes do século XXI”, explica Eugenio Severin, cofundador e Diretor Executivo.

Nesse sentido, Tu clase, tu país oferece um ambiente de capacitação para o setor público, assim como uma plataforma de cursos online (www.tuclase.net) pensada para colégios particulares e professores individuais que procuram cursos flexíveis que se adaptem às suas necessidades. Desde o início da iniciativa, seus fundadores sabiam que precisariam de um parceiro tecnológico que fosse capaz de guiá-los e responder à grande demanda que esperavam gerar; por isso, escolheram a Brightspace como sua plataforma. “Estabelecemos uma relação de muita colaboração com a equipe da D2L, que adaptou as ferramentas e até mesmo desenvolveu soluções para atender às nossas necessidades. A estabilidade e flexibilidade da plataforma têm nos permitido oferecer conteúdos diversificados, personalizados e sociais por meio da plataforma Brightspace”, conclui Severin.

O próximo ano reserva grandes projetos para essa iniciativa. Em março, começará a campanha “No lo sé”, que busca promover o diálogo entre professores em torno de práticas pedagógicas e proporcionará um espaço online para que os docentes possam compartilhar, colaborar e desenvolver suas próprias experiências de aprendizagem. Além disso, novos projetos serão lançados na Argentina e Colômbia.

Leia a matéria completa do lanación.cl para obter mais informações sobre como este projeto educacional está ajudando professores de toda a América Latina.