Sala de Aula Virtual para IES | Dicas | D2L Brasil Brasil
IE Not suppported

Sorry, but Internet Explorer is no longer supported.

For the best D2L.com experience, it's important to use a modern browser.

To view the D2L.com website, please download another browser such as Google Chrome or Mozilla Firefox.

4 passos para montar uma sala de aula virtual mais engajadora na sua IES

  • 4 min para ler

A sala de aula virtual é uma tendência para os próximos anos. Saiba como implementá-la na sua instituição de forma simples e eficiente!

A sala de aula virtual consiste em um ambiente digital de aprendizagem, onde o aluno pode adquirir conhecimento por uma plataforma online, através de metodologias ativas, imersivas e novas formas de aprendizagem.

Também conhecida como Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), a ideia da sala de aula virtual é simular os aspectos mais importantes de uma classe física, porém em conjunto com tecnologias da informação e da comunicação (TICs) para um ensino mais integrado, colaborativo e participativo.

Em um contexto de isolamento social, as salas de aula virtuais tornaram-se imprescindíveis para o ensino remoto. Afinal de contas, é preciso adotar as medidas para a contenção da pandemia da Covid-19, como a transposição de salas de aula físicas para ambientes virtuais.

As orientações conjuntas do Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC), UNICEF e OMS tratam justamente sobre isso, ressaltando que as escolas devem dar apoio aos alunos para o oferecimento de estratégias de aprendizagem remota, enquanto enfrentamos a crise sanitária.

No entanto, grande parte das instituições de ensino ainda têm dificuldade de elaborar um processo engajador, o que acaba resultando na perda de alunos.

Por esse motivo, o artigo de hoje vai mostrar 4 passos para montar uma sala de aula virtual mais engajadora na sua instituição de ensino superior (IES), adotando metodologias e tecnologias diferenciadas para interação dos estudantes.

Leia também: Aprendizagem online pode ajudar a enfrentar a pandemia de COVID-19

1 – Elaboração de um planejamento personalizado

O primeiro passo para implementar uma sala de aula virtual engajadora é elaborar um planejamento personalizado de ensino. Para isso, vale a pena conhecer os principais interesses dos alunos, bem como as tendências do mercado.

Hoje em dia, os estudantes estão em busca de um ensino direcionado e personalizado. A sala de aula virtual tem a oportunidade de oferecer esse diferencial, porém é preciso estabelecer os principais objetivos para alcançar um aprendizado completo.

O planejamento deve envolver os seguintes pontos:

  • Levantamento de recursos utilizados;
  • Investimentos envolvidos na sala de aula virtual;
  • Possíveis deficiências operacionais;
  • Dificuldades de implementação.

Quanto mais dados a respeito do projeto, melhor. Desse modo, é possível evitar inconvenientes que podem prejudicar o engajamento dos alunos no AVA.

2 – Adoção de metodologias ativas

As metodologias ativas promovem uma experiência de ensino muito mais ampla e completa. Na prática, elas têm como objetivo o aperfeiçoamento do processo de ensino-aprendizagem, promovendo o protagonismo do aluno e transformando o papel dos professores.

Agora, os docentes não mais atuam como reprodutores do conhecimento, mas participam ativamente de uma construção conjunta do ensino.

Entre algumas das principais metodologias ativas aplicadas em sala de aula virtual, destacam-se:

  • EBC (ensino baseado em competência);
  • Gamificação (uso de jogos);
  • Sala de aula invertida.

As metodologias ativas são as grandes responsáveis por aumentar o engajamento dos alunos, principalmente quando estamos lidando com ambientes virtuais.

3 – Aplicação de tecnologias inovadoras

A aplicação de tecnologias inovadoras é fundamental para a sala de aula virtual. Afinal de contas, sem os recursos tecnológicos, é difícil implementar as principais metodologias e propostas de ensino.

Sendo assim, para adotar a sala de aula virtual, é necessário contar com um software completo, que forneça a base tecnológica adequada ao planejamento educacional.

4 – Faça o acompanhamento dos alunos

Na sala de aula virtual, é preciso fazer o acompanhamento dos alunos, já que essa análise permite a verificação de possíveis dificuldades.

Desse modo, a sua IES pode adequar o ensino às necessidades de cada estudante, o que ajuda o engajamento e o melhor aprendizado.

Leia também: Ensino no pós-pandemia: tecnologias digitais para uma aprendizagem ativa e inovadora

Conheça os recursos para sala de aula virtual da D2L

A D2L oferece soluções personalizadas para a sua IES adotar a sala de aula virtual. A plataforma Brightspace é um exemplo, pois conta com recursos diferenciados para a promoção de uma experiência de ensino completa, integrada e personalizada para os alunos.

Com a Brightspace, é possível elaborar e disponibilizar diversos tipos de conteúdos, oferecendo aos alunos um ambiente dinâmico, além de uma série de ferramentas inovadoras para os professores.

A plataforma Brightspace conta com recursos específicos para o acompanhamento dos alunos, com indicadores que podem colaborar com a prática docente, a orientação das estratégias e até a adaptação dos planejamentos.

Entre em contato com a D2L e saiba mais sobre as soluções para sala de aula virtual!

Fique por dentro Inscreva-Se

Cadastre-se já

Por favor, preencha o campo obrigatório.
O número de telefone deve ser um número válido.

Obrigado por se inscrever!

Inscreva-se no nosso blog

Receba as últimas notícias e dicas de especialistas para ajudar você a aproveitar ao máximo sua plataforma de aprendizagem.

Cadastrar