IE Not suppported

Sorry, but Internet Explorer is no longer supported.

For the best D2L.com experience, it's important to use a modern browser.

To view the D2L.com website, please download another browser such as Google Chrome or Mozilla Firefox.

Capacitação de funcionários: como evitar a sobrecarga nos treinamentos

  • 4 min para ler

A capacitação de funcionários é fundamental para empresas que buscam o sucesso. Aprenda a implementar essa estratégia sem sobrecarregar o time.

A maioria das empresas com bom desempenho no mercado passou a colocar a capacitação de funcionários no centro de sua estratégia. Ao investir no aprimoramento das habilidades da equipe, as empresas desfrutam de taxas mais altas de retenção de profissionais e maior competitividade.

Não há dúvidas de que ter uma forte cultura de aprendizado e desenvolvimento é excelente para seus negócios e, notadamente, para os colaboradores que atuam na empresa. E, como você sabe, para ser eficaz, o desenvolvimento profissional precisa ser direcionado, oportuno e relevante.

No entanto, pode ser que a equipe tenha dificuldade em acompanhar o conteúdo dos cursos corporativos, ao mesmo tempo em que trabalham. Dessa forma, corre-se o risco dos profissionais não adotarem e nem usarem os novos aprendizados de maneira eficaz.

Leia também: Upskilling & Reskilling: saiba como ambos fortalecem o desenvolvimento profissional

Como reduzir a sobrecarga na capacitação de funcionários

Apesar das boas intenções, as capacitações podem acabar atrapalhando o desempenho da equipe, pois podem representar uma sobrecarga de atividades e informações. Uma boa notícia é que existem medidas que podem ser tomadas para superar esse obstáculo.

Assim, é possível evitar a sobrecarga quando se trata de treinamento corporativo e ajudar os funcionários a reter e utilizar seus aprendizados de maneira estratégica e oportuna. Para isso, alguma dicas podem ser seguidas. Veja a seguir:

1. Tornar o treinamento relevante

Para que os funcionários de uma empresa participem plenamente de um curso de treinamento sem ocorrer a sobrecarga, o conteúdo deve ser relevante em termos pessoais e profissionais.

Além disso, é preciso explicar como as habilidades e os conhecimentos aprendidos beneficiarão todos os envolvidos:

  • Os funcionários individualmente (no presente e no futuro);
  • A equipe/departamento como um grupo;
  • A organização como um todo.

Por fim, quanto mais o time estiver envolvido no processo de aprendizado, mais os funcionários se sentirão adaptados. Isso garantirá que as oportunidades de treinamento e capacitação de funcionários sejam melhor aproveitadas.

Leia também: Como aplicar a gestão de competências no ambiente corporativo

2. Tornar oportuno

É preciso lembrar sempre da carga horária de trabalho da equipe. O agendamento de qualquer treinamento deve ser feito para um momento em que os participantes não estejam sobrecarregados.

Todos ficarão muito mais engajados quando puderem dedicar tempo para se concentrar totalmente.

3. Tornar pessoal

Enviar um e-mail de grupo genérico para anunciar o treinamento, seja presencial ou virtual, dificilmente despertará entusiasmo. Por outro lado, quando se dedica um pouco mais de tempo para mostrar a importância do curso para a atuação e a carreira dos profissionais, a participação deles é altamente valorizada.

Assim, é preciso personalizar o conteúdo da capacitação de funcionários para se adequar à organização e aos objetivos dos colaboradores. A diferença entre um programa genérico e um programa personalizado é enorme. E isso se mostra tanto em termos de engajamento inicial quanto de resultados a longo prazo.

4. Tornar visível

Após a realização do treinamento, é preciso encontrar maneiras de incentivar os funcionários a compartilhar o conteúdo que eles receberam do treinamento.

Algumas boas iniciativas podem ser tomadas, como:

  • Tirar fotos para ter um registro visual dos eventos;
  • Compartilhar por meio da mídia social, do boletim interno ou no quadro de avisos da empresa;
  • Incentivar a troca de informações e conhecimento;
  • Entre outras ações.

Embora não haja como escapar da sobrecarga de informações que os indivíduos enfrentam atualmente, é possível amenizar. Há muito o que se pode fazer para impedir que isso afete negativamente os resultados da capacitação de funcionários, bem como de todas as iniciativas de desenvolvimento profissional.

Além disso, é importante destacar que o alcance dos benefícios proporcionados pelas capacitações está diretamente relacionado a um bom planejamento e uma excelente execução.

Leia também: O futuro das habilidades profissionais e o desafio de desenvolvê-las

Como a plataforma Brightspace pode ajudar?

Com a plataforma de aprendizagem Brightspace, da D2L, você terá todo o suporte para criar cursos de qualidade em diversos formatos e mídias para promover o engajamento da sua equipe, de forma dinâmica e sem sobrecarregá-los.

Isso se deve porque a ferramenta da D2L proporciona uma gestão de aprendizagem avançada e flexível e oferece aos alunos e professores uma experiência digital extremamente personalizada. Assim, é possível garantir que todos os conteúdos sejam absorvidos de maneira efetiva e atendam às necessidades da sua organização.

Utilize a plataforma Brightspace para otimizar a aprendizagem em públicos de todas as idades, desenvolver seus funcionários e adequá-los ao mercado que sua empresa está inserida.

Então, está preparado para transformar seus métodos de educação corporativa? Entre em contato conosco e saiba mais!

Fique por dentro Inscreva-Se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment Submitted

Thank you for your comment

Cadastre-se já

Por favor, preencha o campo obrigatório.
O número de telefone deve ser um número válido.

Obrigado por se inscrever!

Inscreva-se no nosso blog

Receba as últimas notícias e dicas de especialistas para ajudar você a aproveitar ao máximo sua plataforma de aprendizagem.

Cadastrar