IE Not suppported

Sorry, but Internet Explorer is no longer supported.

For the best D2L.com experience, it's important to use a modern browser.

To view the D2L.com website, please download another browser such as Google Chrome or Mozilla Firefox.

A aprendizagem adaptativa está cada vez mais inteligente

  • 3 min para ler

As soluções de aprendizagem adaptativa têm cada vez mais aplicações, mas o que isso significa para professores e instituições? Um novo estudo da Tyton Partners mostra como essa tecnologia vem se transformando.

Em 2013, o relatório “Inside Higher Ed” mostrou que 66% dos reitores de faculdades e universidades acreditavam que a aprendizagem adaptativa tinha o potencial de gerar um impacto positivo no ensino superior. Mas essa estatística já tem três anos e está desatualizada.

O motivo é que o interesse em aprendizagem adaptativa cresceu de forma significativa nos últimos anos. Atualmente, cerca de 96% dos CIOs de instituições de ensino superior concordam que a tecnologia de aprendizagem adaptativa tem o potencial de melhorar os resultados de aprendizagem dos alunos. A aprendizagem adaptativa foi apontada, inclusive, como a tecnologia estratégica que terá maior impacto na educação em 2015 e 2016, segundo a Gartner.

Mas o que isso significa?

A aprendizagem adaptativa está cada vez mais inteligente. Isso quer dizer que ela pode ajudar a personalizar ainda mais a experiência de aprendizagem dos alunos, sendo valorizada por mais professores e instituições.

O retrato atual da aprendizagem adaptativa

Este ano, a Tyton Partners divulgou o “Learning to Adapt 2.0”, um novo relatório que resume as mudanças que ocorreram nas tecnologias de aprendizagem adaptativa desde a publicação da primeira edição em 2012.

Estas são as cinco questões pelas quais a aprendizagem adaptativa está passando atualmente:

  1. Embora as instituições tenham mais experiência com a aprendizagem adaptativa devido ao uso de produtos piloto, o caminho para uma implementação abrangente ainda não está claro.
  2. A tecnologia de aprendizagem adaptativa tem cada vez mais aplicações.
  3. O papel do corpo docente começou a mudar com o surgimento do “ensino adaptativo”.
  4. A aprendizagem adaptativa é uma opção relevante para a educação baseada em competências, mas apenas em casos específicos.
  5. Os produtos de educação adaptativa estão ganhando novos pacotes de recursos em resposta a demandas institucionais.

O relatório original explora cada tema com clareza, então não deixe de fazer download do documento para saber mais.

Qual tendência achamos mais interessante?

A maneira como as aplicações da aprendizagem adaptativa foram mudando nos últimos anos.

Como as aplicações de soluções de aprendizagem adaptativa estão se expandindo?

O conceito de aprendizagem adaptativa deixou de ser um modelo precariamente definido na educação superior para se tornar um importante pilar da tecnologia de ensino e aprendizagem. Os novos usos das soluções de aprendizagem adaptativa contribuíram para essa mudança. Essa transformação fica clara quando observamos como a aprendizagem adaptativa deixou de ser usada apenas em cursos que não conferem créditos para ser aplicada também em programas que conferem créditos.

Em 2012, as soluções de aprendizagem adaptativa eram usadas principalmente em cursos que não conferem créditos. Entre eles, estavam aulas de reforço ou educação social.

Atualmente, as aplicações da aprendizagem adaptativa também chegaram a cursos que conferem créditos. Ela pode ser usada como recurso para realização de tarefas, trabalhos e simulações, como ferramenta de reforço e até mesmo para permitir que o curso seja apresentado da forma mais completa possível.

Por que isso é importante?

Porque, nos últimos anos, o uso de soluções de aprendizagem adaptativa em instituições vem se diversificando e se aprofundando, gerando resultados evidentes.

Soluções de aprendizagem adaptativa conquistam âmbitos curriculares

O artigo da Tyton de 2012 sugeria que a maioria das soluções de aprendizagem adaptativa foram aplicadas inicialmente a cursos individuais, mas que seu verdadeiro potencial estava na implementação por uma ampla gama de cursos.

Desde então, as instituições ampliaram o uso de ferramentas adaptativas de cursos individuais a ofertas mais amplas (como programas de nivelamento), que incluem vários tópicos.

A University of Texas at Austin (UT) é um ótimo exemplo de instituição que está aplicando a aprendizagem adaptativa mais amplamente em seu programa de doutorado em Farmácia ao usá-la em mais do que um único curso.

A UT percebeu que os estudantes que estavam começando o programa contavam com trajetórias acadêmicas e experiências muito diferentes. Para garantir que todos os novos alunos tivessem os mesmos conhecimentos e habilidades e o acesso às mesmas oportunidades, a UT decidiu testar um programa de aprendizagem adaptativa. O programa de nivelamento adaptativo da instituição identificou as lacunas de conhecimento dos alunos em quatro áreas fundamentais: química, biologia, alfabetização informacional e matemática.

Quais foram os resultados?

O programa de educação adaptativa da UT trouxe benefícios significativos, ajudando a garantir que todos novos alunos do doutorado em Farmácia tivessem acesso às mesmas oportunidades.

Se quiser saber mais sobre como a UT usa a aprendizagem adaptativa e quais resultados específicos foram alcançados, fique ligado no nossa próxima postagem no blog. Enquanto isso, veja como a aprendizagem adaptativa evoluiu, suas possibilidades futuras e as lições aprendidas pelos primeiros usuários dessa tecnologia no relatório “Learning to Adapt 2.0: The Evolution of Adaptive Learning in Higher Education” da Tyton Partner.

Fique por dentro Inscreva-Se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment Submitted

Thank you for your comment

Cadastre-se já

Por favor, preencha o campo obrigatório.
O número de telefone deve ser um número válido.

Obrigado por se inscrever!

Inscreva-se no nosso blog

Receba as últimas notícias e dicas de especialistas para ajudar você a aproveitar ao máximo sua plataforma de aprendizagem.

Cadastrar